domingo, 22 de março de 2009

A importância do Maternal


Na maioria das vezes o maternal escolar constitui o primeiro contato da criança com o mundo fora do seu lar. Portanto, é fundamental que ela encontre um ambiente alegre, acolhedor, uma professora que seja acima de tudo, o seu porto seguro e perceba tratar-se de um lugar confiável e de fascinantes descobertas. Mas, ainda assim, algumas crianças manifestam reações diversas: O nascimento de um novo irmãozinho, uma nova babá, alguma instabilidade na relação familiar etc, que também são consideradas normais, em se tratando da individualidade de cada ser. Nesses casos, é de fundamental importância o apoio da família ao processo.
As crianças de idade pré-escolar e sobretudo as do maternal, necessitam brincar diariamente ao ar livre, na área externa ou no parque, indispensáveis também são os brinquedos pedagógicos. Por isso, é preciso reservar um horário especial para essas atividades, que devem obrigatoriamente fazer parte do dia-a-dia das crianças, estimulando assim sua socialização, imaginação e criatividade.
No maternal as atividades são rápidas e variadas pois o período de concentração das crianças ainda é muito pequeno. Nessa fase a criança necessita desenvolver o tato, o paladar, a visão, a motricidade ( grandes e pequenos músculos ).Diferentes tipos de materiais são empregados nas atividades diárias de uma classe do maternal como: Pintura, desenho, giz, colagem, recorte, modelagem etc.Outra forma de desenvolver a atenção da criança é o hábito de ouvir história diariamente. Elas deverão ser lidas, para que a criança tenha contato desde cedo com a linguagem literária. Convém que a professora a interprete com suas próprias palavras num vocabulário adequado à faixa etária.
A hora da história pode ser enriquecida com recursos variados, como fantoches, músicas, dobraduras e histórias gravadas.
O desenho é a primeira forma de expressão escrita de uma criança. Por meio do desenho, ela expressa seu modo de ver e sentir o mundo. A criança deve ser estimulada a contar a história do seu desenho; a professora registra o que ela disse junto do próprio desenho, com letra bastão.É importante ressaltar que, nesta idade de 2 e 3 anos, a criança se encontra na fase da garatuja, ou seja, seus desenhos ainda não têm forma, são “rabiscos”.Ela rabisca pelo prazer de rabiscar e não com a intenção de reproduzir algo.
A criança deve ser sempre estimulada a se expressar e seus trabalhos não devem ser avaliados ou criticados, porque se corre o risco de reprimir toda a sua enorme capacidade criativa.
Pintar ou desenhar em folhas de diversos tamanhos, formatos, cores e texturas desenvolve a criatividade e a noção de espaço.Um dos pontos mais importantes, para trabalhar com educação infantil, é a qualidade dos profissionais que irão lidar com a sua criança.

As crianças que constituem o maternal II de tia Vanessa são:

Alice, Ana Clara, Carlos Eduardo, Filipe, Hanry, Luíz Miguel, Marcos Kayky, Maria Eduarda, Nicole, Pedro Renan, Virna, Wallace Jr e Yasmin.

Este blog foi feito com o objetivo de que os pais possam estar acompanhando o desenvolvimento de seu filho na escola pois a cada semana será feita uma nova postagem.

Conto com a colaboração de todos.

Tia Vanessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário